Um Mundo entre outros Mundos.

©Todos os Direitos Reservados.
Iorana Korua/Koho-Mai/Bem-Vindo/Yaa'hata'/Che-Hun-Ta-Mo/Kedu/Imaynalla Kasanki Llaktamasi/Welcome/Tsilugi/Mba'éichapa/Bienvenido/Benvenuto/Yá´at´ééh/Liaali/Bienvenue/Welcome/Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Mari Mari Kom Pu Che/Etorri/Dzieñ Dobry/Bienplegau/Καλώς Ήρθατε/ Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Sensak Pichau!!

13.9.09

Photobucket




Papudo-Chile

O que uma lagosta tece lá embaixo com seus pés dourados? Respondo que o oceano sabe.
Por quem a medusa espera em sua veste transparente?
Está esperando pelo tempo, como tu.
Quem as algas apertam em teus braços?, perguntas mais firme que uma hora e um mar certos?
Eu sei perguntas sobre a presa branca do narval e eu respondo contando como o unicórnio do mar, arpado, morre.
Perguntas sobre as plumas do rei-pescador que vibram nas puras primaveras dos mares do sul.
Quero te contar que o oceano sabe isto: que a vida, em seus estojos de jóias, é infinita como a areia incontável, pura; e o tempo, entre uvas cor de sangue tornou a pedra lisa encheu a água-viva de luz, desfez o seu nó, soltou seus fios musicais de uma cornicópia feita de infinita madrepérola.
Sou só uma rede vazia diante dos olhos humanos na escuridão e de dedos habituados à longitude do tímido globo de uma laranja.

Caminho como tu, investigando as estrelas sem fim e em minha rede,
durante a noite, acordo nú.
A única coisa capturada é um peixe dentro do vento.
Pablo Neruda


3 comentários:

  1. buenas barcas retratadas con palabras sublimes

    ResponderExcluir
  2. papudo es una regió0n hermosa,
    y tus fotos como siempre maravillosas

    saludos

    ResponderExcluir
  3. ___________________________________________
    … con la mirada en el centro del mundo…

    Bellas fotos. Bellas bellas.

    ... besos visibles desde CR & LMA
    ___________________________________________

    ResponderExcluir

A sua opinião é muito importante para mim.



... as palavras não são mais concebidas ilusoriamente como simples instrumentos, são lançadas como projeções, explosões, vibrações, maquinarias, sabores: a escritura faz do saber uma festa. (...) a escritura se encontra em toda parte onde as palavras têm sabor (saber e sabor têm, em latim, a mesma etimologia). (...) É esse gosto das palavras que faz o saber profundo, fecundo.
Roland Barthes

Tradutor

"Quando o mundo se tornar confuso, me concentrarei em fotografias.
Quando as imagens se tornarem inadequadas, me contentarei com o silêncio."
Minha foto
Porto Alegre, RS, Brazil
Fotografia e Arte Digital.
Todas as fotografias e imagens aqui publicadas são da minha autoria.
Nenhuma destas fotos/imagens poderá ser utilizada sem o consentimento prévio.